Voltar

Home » Sistemas de Remediação » Ozone Sparging

Ozone Sparging

A Reconditec é pioneira no Brasil na implantação de sistemas de remediação por Ozone Sparging. Além disso, vem obtendo respostas extremamente positivas de suas parceiras na aplicação desta técnica, que vem se mostrando altamente viável e a mais promissora entre as oxidações químicas avançadas. Trata-se de uma tecnologia amplamente utilizada pelo mundo e em forte disseminação no Brasil, uma vez que o ozônio (O3) é a segunda substância com maior potencial de oxidação, perdendo apenas para o Flúor. Além disso esta ferramenta para remediação de fase dissolvida, apresenta resultados expressivos para os principais contaminantes como:

- Benzeno, tolueno, etilbenzeno e xylenos (BTEX)
- Metil terc-butil ether (MTBE)
- Terc-Butil Álcool (TBA)
- Hidrocarbonetos Totais de Petróleo (TPH)
- Organoclorados (PCE, TCE, Cloreto de Vinila)
- Bifenilas Policloradas (PCB)
- Fenóis
- Benzenos Clorados (CBs)
- Pesticidas Orgânicos

Esta tecnologia também apresenta algumas vantagens em relação às injeções de oxidantes mais convencionais, entre elas destacam-se:

- Por ser tratar de um oxidante gasoso, o ozônio têm sua propagação através de um meio poroso (neste caso a zona saturada do subsolo) facilitada, quando comparado a oxidantes em soluções líquidas, que apresentam maior viscosidade e coeficiente de atrito com o solo;
Possibilidade de injeção contínua (Oxidante é produzido no local da aplicação);
- Possibilidade de remediação em prazos menores, quando comparada à maioria das outras técnicas;
- O ozônio permanece na água subterrânea em sua forma dissolvida, o que melhora a homogeneidade de sua distribuição. A solubilidade do ozônio na água é 12 vezes maior do que a do oxigênio;
- O ozônio dissolvido na água pode ser detectado, in loco, em amostras de poços de monitoramento. Para isto se utilizam aparelhos colorimétricos;
- Ao se degradar pela oxidação dos contaminantes, o ozônio forma oxigênio, gás que ainda apresenta um potencial de oxidação, além de estimular a degradação microbiológica;
- A presença de ozônio dissolvido em meio aquoso pode ocasionar na formação de radicais hidroxila, grupo de compostos altamente instáveis e com enorme potencial de oxidação, que alavancam o processo de degradação dos contaminantes quando formados;
- A aplicação desta técnica é mais segura quando comparada às demais técnicas de oxidação, por não haver manipulação de grandes quantidades de substâncias perigosas.

Confira nossa galeria de imagens

  • Ozone Sparging
  • Ozone Sparging
  • Ozone Sparging
  • Ozone Sparging
  • Ozone Sparging
  • Ozone Sparging